7 alternativas para conseguir aquela renda extra com a sua moto

7 minutos para ler

Muitas pessoas têm procurado por motocicletas para comprar, sendo que a maioria os indivíduos que está comprando esse tipo de veículo para fazer uma renda extra com moto, especialmente por meio de aplicativos de entrega, além de usá-lo como meio de transporte.

Em razão da pandemia, a oferta de serviços que podem ser feitos com a moto cresceram consideravelmente, uma vez que a modalidade de entrega em casa — seja de comida, itens de supermercado, documentos etc. — está mais em alta do que nunca.

Considerando essa tendência, vamos apresentar neste post algumas dicas sobre as vantagens de usar a moto para trabalhar e onde conseguir um trampo com mais facilidade. Se você tem interesse pelo tema, continue a leitura!

Por que é importante usar a moto para fazer uma renda extra?

A moto é um dos meios de transporte mais rápidos, uma vez que não é afetado tão severamente pelos congestionamentos de carros, já que é possível passar por locais mais estreitos e de difícil acesso.

Além disso, os custos com aquisição, manutenção e consumo de combustível são bem menores em relação a um automóvel, fazendo do veículo um meio de condução mais barato, além de mais ágil.

Devido a essas vantagens, várias empresas estão preferindo contratar pessoas com motos para realizar entregas. Essa oportunidade ajuda muita gente a pagar suas contas de casa e as da própria moto, podendo até fazer uma poupança para o futuro.

Hoje em dia, não é difícil fazer uma renda extra com moto, especialmente em razão dos famosos aplicativos de entrega que permitem que cada indivíduo trabalhe no horário que desejar, basta usar a tecnologia a seu favor.

Em geral, logo depois que o trabalho é feito, o entregador já recebe a comissão. Ainda há a possibilidade de receber gorjetas pelos clientes, sendo que muitas plataformas permitem que ela seja dada pelo próprio aplicativo.

Quais as condições necessárias para trabalhar com aplicativos de entrega?

Inicialmente, para trabalhar com aplicativos de entrega para fazer renda extra é preciso observar se a sua moto é apropriada para realizar esse tipo de trabalho. Como é preciso usar o veículo de forma constante, é importante verificar se ele está em boas condições ou se é preciso cuidar da moto e fazer uma revisão no mecânico previamente.

Também é imprescindível estar com os documentos da moto em dia, bem como a carteira de motorista do condutor precisa estar regular. Caso contrário, o veículo pode ser apreendido em uma blitz, por exemplo.

Por fim, é fundamental pensar também na segurança da sua moto, afinal, com o aumento de sua utilização, os riscos também são maiores. O ideal é investir em uma proteção para o veículo, como um seguro automotivo.

Como gerar renda extra com a sua moto?

Abaixo, listamos 7 dicas que devem ajudar você a conseguir trabalhar com a moto e ganhar uma renda extra para pagar as despesas, melhorar o padrão de vida ou realizar um grande objetivo na vida. Confira!

1. Uber Eats

O Uber Eats é um derivado do Uber, só que, em vez do transporte de pessoas, realiza entregas de comidas, como de restaurantes e mercados. Para aceitar as encomendas, você precisa ter um carro, moto ou bicicleta e ser devidamente aprovado na plataforma.

Então, realize o seu cadastro, apresente os documentos solicitados, ative a sua conta e fique apto para pegar as entregas. Não se esqueça de ficar online na plataforma para ser notificado sempre que surgir uma oportunidade.

2. iFood

O iFood é um dos aplicativos mais famosos de entrega de comidas e é um concorrente direto do Uber Eats. No momento, nele se concentra o maior número de pedidos para entregadores.

Para se cadastrar, você deve baixá-lo no seu celular, preencher alguns dados pessoais e enviar uma foto da sua CNH vigente. Depois, registre a sua conta bancária para receber os pagamentos e aguarde ser aprovado.

Após a ativação do cadastro, você pode trabalhar a partir de qualquer lugar e horário. Mas lembre-se: se ficar próximo a locais com grande movimento de bares, lanchonetes e restaurantes, tem chance de pegar mais pedidos.

3. Rappi

Diferente dos aplicativos anteriores, o Rappi é dedicado à entrega de produtos variados, não somente comida pronta. No aplicativo, existem categorias de entrega definidas como “Restaurante”, “Bebidas”, “Supermercado”, “Farmácia”, “Pet Shop” e “Qualquer coisa”.

Fazer o cadastro no Rappi é bem simples. Basta preencher um formulário no próprio aplicativo, escolher o modo de entrega e enviar uma foto do RG e da CNH, caso escolha a opção “Moto”. Ao ser aprovado, já pode começar a trabalhar.

4. James

O James é parecido com o Rappi, mas seus fundadores se orgulham de ser o primeiro aplicativo de delivery a entregar qualquer coisa no Brasil, principalmente produtos de shopping centers. Os pedidos podem ser feitos por comando de voz e o atendimento é 100% humanizado.

O cadastro pode ser realizado online, preenchendo os dados em um formulário bem resumido e simples. Assim que for aprovado, já tem permissão para pegar encomendas.

5. Loggi

A Loggi é uma plataforma que conecta entregadores a indivíduos que precisam de serviço de entrega para documentos e objetos. O pagamento depende diretamente da quantidade de entregas que cada mensageiro consegue realizar no perímetro de cobertura do app.

Além disso, como a Loggi não exige nenhuma forma de vínculo empregatício, o entregador continua livre para prestar serviços a outras empresas, inclusive em outras plataformas de entrega ou até mesmo em um emprego fixo de carteira assinada.

6. Entregador de produtos gerais

Aqueles que já atuam como motociclistas há algum tempo sabem que existem empresas que precisam contratar serviços de entregadores em horários em que as companhias de entregas, em geral, não se encontram abertas.

Para atuar nesse nicho como entregador de produtos gerais você pode divulgar os seus serviços em diversas empresas. Nessa modalidade, o entregador recebe o valor total da entrega, já que atua por conta própria.

7. Serviços a domicílio

Assim como ocorre com as empresas, as pessoas físicas também costumam precisar de um serviço de motoboy ocasionalmente, como para prestar algum serviço bancário, entregar documentos ou pegar pequenas compras no mercado.

Ocorre que, muitas vezes, as pessoas físicas não encontram um entregador disponível para realizar esse tipo de serviço. Por isso, essa também é mais uma maneira de realizar uma renda extra com moto, sendo preciso apenas divulgar os seus serviços para atuar no ramo.

Além disso, a moto tem um custo de manutenção preventiva relativamente baixo e, por isso, é um bom veículo para trabalhar nos mais diferentes ramos de entregas, seja por conta própria ou por meio de aplicativos.

Agora que você já sabe como ganhar uma renda extra com moto, aproveite as dicas que apresentamos para começar a fazer entregas o mais rápido possível, afinal, quanto antes você iniciar, mais cedo receberá. Além disso, ao atuar em diferentes plataformas se torna possível ser mais produtivo e aumentar a sua renda familiar ainda mais, já que, dessa forma, a oferta de entregas costuma ser ainda maior.

Para manter a sua moto protegida ao trabalhar com entregas, leia o nosso post com 4 cuidados essenciais na hora de contratar seguro para moto!

Posts relacionados

Deixe um comentário