4 alternativas para conseguir aquela renda extra com a sua moto

4 minutos para ler

Segundo dados da Abraciclo, em outubro de 2019, a produção de motos no Brasil já crescia 6,6% em relação ao ano passado. Também foi registrado um aumento de 5,6% nas vendas, comparado ao mesmo período de 2018. Porém, esse crescimento não é à toa. A maioria das pessoas está comprando o veículo para fazer uma renda extra, além do uso como meio de transporte.

Considerando essa tendência, daremos algumas dicas sobre as vantagens de usar a moto para trabalhar e onde conseguir um trampo com mais facilidade. Acompanhe!

Por que é importante usar a moto para fazer uma renda extra?

A moto é um dos meios de transporte mais rápidos, pois não é afetado tão severamente pelos congestionamentos de carros, passando por locais mais estreitos e de difícil acesso.

Além disso, os custos com aquisição, manutenção e consumo de combustível são bem menores em relação a um automóvel, fazendo do veículo um meio de condução mais barato, além de ligeiro.

Devido a essas vantagens, várias empresas estão preferindo contratar pessoas com motos para realizar entregas. Essa oportunidade ajuda muita gente a pagar suas contas de casa e as da própria moto, podendo até fazer uma poupança para o futuro.

Como gerar renda extra com a sua moto?

Abaixo, listamos 4 dicas que devem ajudar você a conseguir trabalhar com a moto e ganhar uma renda extra para pagar as despesas, melhorar o padrão de vida ou realizar um grande objetivo na vida. Confira!

1. Uber Eats

O Uber Eats é um derivado do Uber, só que, em vez do transporte de pessoas, realiza entregas de comidas. Para aceitar as encomendas, você precisa ter um carro, moto ou bicicleta e ser devidamente aprovado na plataforma.

Então, realize o seu cadastro, apresente os documentos solicitados, ative a sua conta e fique apto para pegar as entregas. Não se esqueça de ficar online na plataforma para ser notificado sempre que surgir uma oportunidade.

2. iFood

O iFood é um dos aplicativos mais famosos de entrega de comidas e é um concorrente direto do Uber Eats. No momento, nele se concentra o maior número de pedidos para entregadores.

Para se cadastrar, você deve baixá-lo no seu celular, preencher alguns dados pessoais e enviar uma foto da sua CNH vigente. Depois, registre a sua conta bancária para receber os pagamentos e aguarde ser aprovado.

Após a ativação do cadastro, você pode trabalhar a partir de qualquer lugar e horário. Mas lembre-se: se ficar próximo a locais com grande movimento de bares, lanchonetes e restaurantes, tem chance de pegar mais pedidos.

3. Rappi

Diferente dos aplicativos anteriores, o Rappi é dedicado à entrega de produtos variados, não somente comida pronta. No aplicativo, existem categorias de entrega definidas como “Restaurante”, “Bebidas”, “Supermercado”, “Farmácia”, “Pet Shop” e “Qualquer coisa”.

Fazer o cadastro no Rappi é bem simples. Basta preencher um formulário no próprio aplicativo, escolher o modo de entrega e enviar uma foto do RG e da CNH, caso escolha a opção “Moto”. Ao ser aprovado, já pode começar a trabalhar.

4. James

O James é parecido com o Rappi, mas seus fundadores se orgulham de ser o primeiro aplicativo de delivery a entregar qualquer coisa no Brasil, principalmente produtos de shopping centers. Os pedidos podem ser feitos por comando de voz e o atendimento é 100% humanizado.

O cadastro pode ser realizado online, preenchendo os dados em um formulário bem resumido e simples. Assim que for aprovado, já tem permissão para pegar encomendas.

A moto tem um custo de manutenção preventiva relativamente baixo e, por isso, é um bom veículo para trabalhar. Então, agora que você já sabe como ganhar uma renda extra com a sua moto, aproveite essas informações para começar ainda este mês. Afinal, quanto antes iniciar, mais cedo receberá.

Gostou do post? Veja também 4 dicas para não errar na compra da sua primeira moto!

Posts relacionados

Deixe um comentário