Coronavírus: 5 dicas de prevenção para motociclistas

4 minutos para ler

Prevenção para motociclistas: como reduzir as chances de contato pelo novo coronavírus? Ainda que você não se encaixe no grupo de risco, o covid-19 é uma ameaça enorme porque se trata de uma doença silenciosa. Mesmo sem demonstrar nenhum sintoma, o paciente pode contaminar aqueles com quem convive e até as pessoas do grupo de risco que fazem parte da própria família.

Se você ainda precisa trabalhar e quer ficar longe da contaminação é preciso prestar atenção em algumas estratégias que o manterão distante do vírus. Confira algumas medidas práticas de prevenção para motoristas que vão ajudá-lo!

1. Higienize seu capacete e moto

Assim como os carros devem ser higienizados periodicamente, as motos também precisam passar pelo processo para evitar que partículas potencialmente contaminadas pelo coronavírus permaneçam na superfície — o contato direto com essas particular é o que transmite a doença.

Higienize seu veículo todos os dias antes de trabalhar ou ao chegar em casa e utilize água, sabão e álcool em gel nas superfícies para eliminar o vírus. O capacete, que está em contato direto com o seu corpo o tempo todo deverá receber atenção especial. Portanto, faça a higienização todas as vezes que o apoiar em uma superfície.

2. Mantenha o álcool gel por perto

Quem trabalha com moto sabe: nem sempre dá para achar um banheiro e fazer a higienização completa das mãos. Ainda que essa estratégia seja a mais indicada para se livrar do vírus, o motorista pode se limpar sempre que tiver contato com um objeto ou pessoa utilizando o álcool em gel. A dica é adquirir um vidrinho portátil que caiba na sua bolsa ou mochila e carregá-lo com você o tempo inteiro. Essa higienização das mãos deve se tornar um hábito até conseguirmos contornar a pandemia.

3. Evite o contato físico com terceiros

Faz entregas com a sua moto? Priorize os métodos de entrega em que não há contato com terceiros. Evite pegar em dinheiro e incentive o cliente a utilizar o cartão de débito ou crédito para ajudá-lo nessa tarefa e não coloque as mãos no rosto se entrar em contato com alguém antes de higienizá-las.

4. Use máscaras para minimizar o contágio

As máscaras são outra estratégia especialmente útil quando se trabalha com o público. Elas impedem que, se você tiver a doença e estiver assintomático, transmita para aqueles com que entra em contato. Combinadas com luvas, as máscaras adicionam proteção extra na interação com clientes e darão mais tranquilidade para trabalhar durante essa pandemia.

5. Adapte a sua rotina de trabalho

Muita coisa mudarão nos próximos meses enquanto tentamos contornar a pandemia. Por isso, faça adaptações na sua rotina de trabalho para que essas etapas mencionadas aqui para prevenção de motociclistas não se tornem um fardo. Crie um hábito de higienizar os seus equipamentos de trabalho, lavar as mãos e utilizar a máscara. Sempre que possível, oriente os clientes para minimizar o contato e garantir que ambos estarão a salvo do coronavírus.

Lembre-se também de cuidar da sua moto para que ela não sofra avarias ao longo da epidemia que impeçam que você exerça o seu trabalho, e não se esqueça: mesmo tomando todos esses cuidados, a prevenção não acaba no momento em que você chega em casa. Tome banho, troque suas roupas e deixe os sapatos na porta para evitar carregar o vírus para dentro da sua residência.

Gostou destas dicas de prevenção para motociclistas? Não se esqueça de compartilhá-las nas suas redes sociais!

Posts relacionados

Deixe um comentário