Veja aqui dicas de como economizar combustível de motos e aproveite!

4 minutos para ler

Não é segredo para ninguém que motos são meios de transporte bem econômicos. Há quem opte por elas em detrimento de carros considerando esse fator, já que é possível percorrer as mesmas distâncias gastando muito menos. Ter uma motocicleta realmente pode fazer a diferença na situação financeira e, para quem gosta, trata-se de unir o útil ao agradável.

Mas saiba que, além dessa economia natural, existem diversas práticas capazes de reduzir ainda mais o consumo. Estar por dentro do assunto é fundamental para ter noção de como economizar combustível ao andar de moto.

Interessou-se pelo tema? Então, confira o material que preparamos com algumas dicas. Boa leitura!

Acelere e freie com moderação

Ao guiar a motocicleta, sempre busque evitar aceleradas ou freadas bruscas sem necessidade, pois esse tipo de ação faz com que seja gasto mais combustível. O ideal é acelerar de forma gradativa, para manter a eficiência do motor e amenizar o consumo.

Também vale ressaltar a importância de não puxar o acelerador freneticamente ao ligar a moto. Além de desnecessário, exceto em casos de problema na injeção, isso eleva o gasto com combustível. Ainda é interessante destacar que acelerar a moto enquanto está parado em um sinal, por exemplo, consiste em péssimo hábito para a economia.

Verifique a calibragem dos pneus

Se você é dono de moto, lembre-se dessa dica: confira a calibragem dos pneus duas vezes por mês, uma a cada 15 dias. Sempre considere a medida indicada pelo fabricante do veículo e tenha em mente que pneus murchos aumentam o atrito com o solo e forçam o motor, fazendo-o gastar mais para compensar.

Trata-se de um cuidado que pode ocasionar uma economia de até 4% de combustível. Inclua essa prática na rotina e saia no lucro!

Esqueça a “banguela”

Certamente você já ouviu falar na “banguela”, não é mesmo? Esse é um ótimo momento para desmistificá-la por completo: motos com injeção eletrônica não economizam rodando em ponto morto ou com a embreagem puxada!

Nesse sentido, caso o intuito seja diminuir o consumo, deve-se desacelerar e deixar o motor reduzir com a marcha engatada. Assim, a injeção corta o combustível e o motor garante mais economia de verdade.

Saiba a hora de trocar as marchas

Enquanto dirige, é primordial não se esquecer de técnicas básicas de economia. Manter a velocidade constante e passar de modo rápido para a segunda marcha são duas práticas bastante válidas.

Falando em troca de marcha, vale lembrar que “esticá-las” é um erro grave. É perfeitamente possível andar em marcha alta e permitir que os sensores eletrônicos enviem somente o combustível necessário para a determinada velocidade. Trata-se de um grande benefício causado pelo sistema de injeção nas motos.

Faça revisões constantes

Como qualquer outro veículo, as motocicletas exigem um tratamento minucioso, principalmente no que diz respeito a peças. Alguns componentes requerem troca frequente, portanto dê a devida relevância às revisões periódicas.

As velas de ignição são bons exemplos disso. Apesar da evolução nos últimos tempos e da maior durabilidade, vale a pena trocá-las de acordo com a sugestão do fabricante. Explicamos: a centelha da vela pode melhorar ou piorar a queima da mistura. Trata-se de um procedimento barato, mas capaz de fazer a diferença lá na frente.

Conforme observamos ao longo do artigo, saber como economizar combustível é muito importante. Mesmo assim, nem todo mundo tem conhecimento das dicas contidas neste material. São simples, concorda? Então, não deixe de colocá-las em prática!

Gostou do conteúdo? Que tal conferir quais são os quatro cuidados essenciais na hora de contratar seguro para moto? Acesse!

Posts relacionados

Deixe um comentário