Saiba como funciona a indenização de danos materiais no seguro auto

5 minutos para ler

Você já se perguntou como funciona a indenização de danos materiais no seguro auto? É normal que várias dúvidas apareçam quando o assunto é seguro de automóveis, afinal, ninguém deseja ficar perdido acerca da sua cobertura quando ocorre algum acidente ou outros imprevistos.

No momento em que há a adesão a um seguro automotivo, existem diversas cláusulas a se atentar, inclusive a que diz respeito à indenização de danos materiais e seguro contra terceiros.

Para que você entenda como funciona a indenização de danos materiais no seguro auto, preparamos este post com informações relevantes sobre o tema. Continue a leitura e confira os detalhes!

O que é o seguro contra terceiros?

O seguro contra terceiro é uma cobertura do seguro automotivo que assume os custos, ou reembolsa a indenização, que o segurado é obrigado a pagar a terceiros quando danos materiais ou corporais são gerados em razão de um acidente de trânsito.

Essa cobertura pode ser entendida, de maneira simplificada, como aquela que cobre danos causados a terceiros, como batidas, acidentes de trânsito, atropelamentos, entre outros.

Dessa maneira, o seguro contra terceiros funciona como uma garantia de assunção pela seguradora dos valores que serão pagos para reparar o veículo de um terceiro envolvido em um sinistro, ou até mesmo o ressarcimento dos gastos referentes às suas despesas médicas.

Em geral, as seguintes garantias são oferecidas no seguro contra terceiros:

  • danos materiais;
  • danos corporais relacionados aos danos físicos causados a outras pessoas, como despesas médicas;
  • danos morais com cobertura complementar que garante que as indenizações que o segurado possa ser condenado a pagar em razão de um acidente de trânsito sejam custeadas pela seguradora, dentro do valor contratado.

Apesar de existir também o seguro obrigatório contra terceiros DPVAT, é válido ressaltar que a sua finalidade é apenas amparar as vítimas de acidentes de trânsito quando há invalidez permanente, morte e despesas de assistência médica e despesas suplementares (DAMS), possuindo ainda um limite de indenização de R$ 13.500 para os dois primeiros casos e R$ 2.700 para o último.

Ou seja, a cobertura do DPVAT não pode ser requerida para pagamento de gastos com os bens materiais — motivo pelo qual é ainda mais relevante a indenização de danos materiais no seguro auto.

Como funciona a indenização de danos materiais no seguro auto e o que ela cobre?

Na prática, as seguradoras podem criar suas próprias condições para cobertura, desde que a legislação que dispõe sobre seguro de automóvel seja respeitada.

Por isso, o recomendado é analisar com seu corretor as condições oferecidas pela seguradora escolhida antes de contratar o serviço, uma vez que será preciso definir o limite do valor para cobertura dos automóveis de terceiros danificados por causa de sinistros.

cote seguro auto pelo whatsapp

Como o pagamento da indenização é feito?

O processo para utilização da cobertura de danos materiais conta com algumas burocracias, uma vez que a seguradora precisa entender o que ocorreu. O segurado também tem tempo para provar e explicar a situação.

Inicialmente, é preciso avisar a seguradora sobre o que aconteceu e apresentar os documentos solicitados, como boletim de ocorrência. Na sequência, a seguradora indicará a oficina para qual o carro do terceiro deve ser levado, ou ela mesmo providenciará o transporte, e enviará um técnico ao local para averiguar os danos.

Uma vez autorizado os serviços, assim que terminados os reparos a seguradora providenciará o pagamento diretamente para oficina.

Algumas seguradoras possuem postos de vistorias próprios onde, nesse caso, o terceiro pode levar seu carro até o local e autorização para reparos é emitida na hora. Depois é só levar o veículo até a oficina credenciada indicada.

Qual é o valor da cobertura de danos materiais?

Para saber qual é o valor da cobertura para indenização de danos materiais no seguro auto é preciso verificar na apólice qual foi a importância contratada, pois esse é o limite que o seu seguro para terceiros garante e lá estará especificado.

Trata-se de um ponto importante porque se o valor destinado à cobertura de danos materiais for ultrapassado, a responsabilidade de pagar a diferença é da pessoa que contratou o seguro.

Dito isso, é fundamental ressaltar que esse valor da cobertura de danos materiais é definido pelo segurado, e de preferência com a assessoria do corretor de seguros, no momento da contratação do seguro auto.

É preciso pagar franquia para usar a cobertura de danos materiais?

Essa é mais uma dúvida comum dos condutores: se quando a cobertura contra danos materiais a terceiros é acionada é preciso arcar com o pagamento da franquia. Nesse caso, a resposta é não, mas o veículo do contratante, o dono do seguro, não está incluído na cobertura.

Agora que você já sabe como funciona a indenização de danos materiais no seguro auto, não deixe de incluir essa cobertura no momento em que for contratar um seguro para o seu veículo!

Gostou deste post? Então, assine nossa newsletter para receber diretamente em seu e-mail atualizações sobre nossos artigos!

Posts relacionados

Deixe um comentário