Veja o que pode te levar a perder o seguro do carro

3 minutos para ler

O seguro de automóveis tem se tornado cada vez mais uma opção dos brasileiros, tendo em vista o crescimento dos riscos e a garantia de que seu patrimônio estará protegido de vários problemas. Ao contratá-lo, diversas informações são repassadas quanto a valores, coberturas e indenizações, por isso, é importante que você fique atento para não perder o seguro do carro.

Entre as principais coberturas estão as contra roubos, furtos, acidentes com perda parcial, total e danos a terceiros ou enchentes. Contudo, existem situações em que as seguradoras se recusam a pagar o valor definido na apólice, por motivos que violam as cláusulas contratuais.

Quer saber quais são e, assim, evitar a recusa do pagamento da indenização caso precise? Então, continue sua leitura!

Informar dados incorretos

Quando você solicita uma cotação para o corretor de seguros, é preciso preencher um questionário onde é definido um perfil de risco conforme os dados repassados. Caso alguma dessas informações estiver incorreta ou incompleta na hora do sinistro, pode impedir que receba a indenização.

Modificar as características originais do veículo

A maioria das seguradoras pede que qualquer alteração realizada no veículo seja informada, o que levará à realização de uma nova vistoria. Após isso, a empresa comunica ao cliente se aceita ou não as modificações.

O rebaixamento ou suspensão de um veículo estão autorizados por meio da Resolução nº 479/14 do CONTRAN, desde que as alterações constem no documento do carro e estejam em conformidade com as normas.

Dirigir embriagado                      

Não restam dúvidas que dirigir após consumir bebida alcoólicas, além de ser crime, é uma prática imprudente que pode provocar acidentes e colocar sua vida e a vida de outras pessoas em risco. Portanto, esse é um dos motivos que podem levá-lo a perder o seguro do carro.

Emprestar o veículo para pessoas inabilitadas

O costume de emprestar o veículo pode ser muito arriscado, principalmente nos casos em que o motorista não está inserido na apólice, como manobristas, pessoas conhecidas ou que não possuam habilitação.

Deixar de pagar o seguro na data de vencimento

Quando as parcelas do seguro não são quitadas até a data de vencimento, o seguro é cancelado por falta de pagamento, e isso pode provocar dores de cabeça quando você precisar acioná-lo.

Agir de má-fé

O seguro é um negócio baseado na boa-fé, então condutas como constatação de fraudes ao responder o questionário, agravar o risco por meio da provocação de acidentes ou deixar o carro com o vidro aberto ou porta destravada para ser furtado podem fazer com que a seguradora se recuse a pagar a indenização.

Essas são apenas algumas situações que podem fazer você perder o seguro do carro. Para evitar esse problema o ideal é contar com uma seguradora de confiança e que atenda suas necessidades, além de contar com o auxílio de um corretor qualificado. Ele vai realizar uma análise minuciosa do seu perfil, orientar quanto ao cumprimento das cláusulas contratuais e esclarecer suas dúvidas, evitando que erros como os citados possam influenciar na sua experiência em relação ao serviço prestado.

Quer encontrar o melhor seguro para seu veículo? Então, acesse nossa página e veja como podemos ajudar!

Posts relacionados

Deixe um comentário