Como analisar o contrato de seguro do meu automóvel? Saiba mais!

4 minutos para ler

Conquistar a tranquilidade que um contrato de seguro do auto pode te proporcionar vai além de somente analisar os valores de contratação ou os tipos de cobertura. Esses são pontos necessários, porém insuficientes para quem quer ficar 100% sossegado.

As opções do mercado de seguros são diversas. No entanto, com paciência e com a aplicação das cinco dicas que este artigo aborda sua escolha será bastante tranquila e certeira. Confira e saiba mais!

1. Bons negócios são feitos em boas seguradoras

Ao pensar em contratar um seguro, é muito importante você seja bem assessorado. Procure se informar sobre as opções do seguro em uma corretora conceituada no mercado.

Saiba, ainda, que bons preços serão oferecidos por corretoras que possuam maior diversidade de produtos à disposição e que só um bom corretor de seguros poderá traçar o seu perfil e oferecer o produto mais adequado para você.

A empresa seguradora também deverá ser avaliada. Sua reputação é fundamental para que você possa ter a sonhada tranquilidade em caso de ocorrências e sinistros.

2. Tenha informações claras sobre as coberturas

Esteja atento ao que está sendo contratado — dê atenção especial às coberturas. Faça a comparação entre as opções apresentadas e veja os tipos de cobertura que melhor atendem às suas necessidades. Também é importante verificar o que não é coberto pelo seguro para não correr o risco de errar na contratação.

renovar a CNHComo as coberturas básicas estão presentes na maioria dos contratos — contra roubos, furtos, incêndios e colisões — existe a possibilidade de incluir coberturas extras — como carro reserva, hospedagem e outras.

Verifique, ainda, se está prevista a assistência mecânica — para o caso de uma pane, por exemplo. Veja, por fim, se consta no contrato a remoção do veículo por um guincho para reparo. Nesse caso, é importante saber a distância que o contrato estabelece como limite para essa assistência.

3. Fique atento aos termos do contrato do auto

Leia atentamente todas as cláusulas do contrato e certifique-se de que tudo o que foi combinado consta na apólice. Não há um padrão de contrato para todas as seguradoras. Os valores também são diferentes e variam de acordo com o perfil do cliente e da região em que ele roda.

Portanto, ao preencher os dados para simulação do contrato, é prudente não omitir informações de uso e aplicação do veículo. Caso ocorra um sinistro e as informações prestadas não estiverem de acordo com a realidade, você poderá ter a cobertura invalidada e não receber da seguradora. 

4. Confira o valor da franquia

É sempre bom informar-se bem sobre o valor da franquia. Sempre que acontece um sinistro (roubo, furto ou batida), o segurado paga um valor caso precise acionar o seguro.

Exija que o valor fique bem claro na hora de contratar. Antes disso, procure comparar os valores da franquia com as demais opções apresentadas para fazer um bom negócio.

5. Descontos e demais benefícios

Por fim, não deixe de comparar os descontos e os benefícios dados aos segurados. É sempre bom saber quanto de desconto você terá caso não utilize o seguro para uma renovação ou na aquisição de serviços nos parceiros autorizados das seguradoras. Afinal, toda economia é sempre bem-vinda.

Como dizem, não fazemos seguro para usar. No entanto, caso precise, tenha sempre a certeza de contar com a melhor opção. Afinal, o seu meio de transporte não pode ficar desprotegido. Então, mãos a obra com essas dicas e faça um bom contrato de seguro do auto!

Depois dessas dicas, agora você sabe que pode contar conosco! Então, que tal entrar em contato conosco e fazer uma consulta sem compromisso? Nossa equipe está pronta para atendê-lo!

Posts relacionados

Deixe um comentário