Danos elétricos no verão: por que aumentam mais nessa época?

4 minutos para ler

Os danos elétricos no verão aumentam devido às chuvas, tempestades constantes e maior incidência de raios. Esses fatores podem causar queda de energia e diversos transtornos na parte elétrica de sua residência.

Com isso, você deve ficar atento e se prevenir para que não perca nenhum equipamento nessas eventualidades ou até mesmo para evitar problemas mais intensos como o risco de incêndio.

Pensando nisso, desenvolvemos este post com algumas dicas para você aplicar na sua casa e evitar maiores dores de cabeça nessa situação. Ficou interessado? Então acompanhe este conteúdo até o fim!

Utilize estabilizadores

Estabilizadores, no break e módulos isoladores são ótimos para controlar variações bruscas de energia. Eles ficam posicionados entre a rede elétrica e o aparelho, equilibrando pequenas variações na tensão.

Quando ocorre algum pico de energia, um fusível de segurança é queimado e a corrente elétrica é interrompida. Já o módulo isolador simula um aterramento usando a própria rede elétrica para isso.

Cheque a voltagem das tomadas

No momento em que for ligar os aparelhos em casa, certifique se a voltagem da tomada, 110 ou 220 volts, é a mesma indicada no manual do equipamento para evitar que ele receba uma potência maior a necessária, o que pode ocasionar curtos-circuitos.

Se o aparelho for bivolt, o ideal é guardá-lo com a chave na posição 220, para que não haja a possibilidade de o aparelho sofrer avarias.

Desligue tudo da tomada em caso de chuva

Em caso de chuvas e tempestades com raios e queda de luz, desconecte os aparelhos das tomadas. Não basta não estar assistindo TV ou não estar usando o computador. Mesmo desligados, se estiverem plugados na tomada, podem ser danificados por uma sobrecarga de energia. A oscilação da tensão elétrica também pode causar prejuízo.

Corrija o mau contato

O mau contato na fiação do imóvel faz com que a energia varie tempo todo. A consequência disso é a dilatação e contração dos fios por causa do calor. Isso faz com que o fluxo de energia seja interrompido e reiniciado muitas vezes, provocando os surtos de corrente elétrica.

Diante disso, contratar um bom profissional para verificar o projeto elétrico e fazer a manutenção da fiação são importantes para evitar esse problema.

Faça um seguro

Mesmo tomando todos esses cuidados, às vezes, a intensidade da descarga elétrica pode ser tão grande que acaba afetando os equipamentos provando a sua queima.

Desse modo, o recomendável é contratar um seguro. No seguro empresarial, seguro residencial e no seguro de gadgets (tablets, smartphones, máquinas fotográficas, notebooks e filmadoras) a cobertura contra danos elétricos é opcional e, geralmente, gera um acréscimo pouco perceptível no preço final do seguro. Esse seguro, além de proteger contra os danos elétricos, também pode reembolsar o contratante em caso de estragos nos aparelhos elétricos causados por curto-circuito.

Todo cuidado é pouco para evitar danos elétricos no verão. Aplique essas dicas e tenha tranquilidade nos dias com instabilidades climáticas. Os seguros podem ser muito úteis nesses casos, por isso não deixe de contratá-lo para garantir a sua segurança e de toda sua família.

Gostou do nosso post sobre a incidência de danos elétricos no verão? Aproveite a sua visita e conheça também sobre os riscos de incêndio em casa que você não conhecia. Boa leitura!

Posts relacionados

Deixe um comentário