Pastilhas de freio: quando trocar e realizar manutenções?

3 minutos para ler

Todo bom motorista sabe que, se o sistema de freio do carro está comprometido, as viagens são totalmente inseguras. Hoje abordaremos os cuidados com as pastilhas de freio, itens fundamentais para que o veículo rode em segurança. Veja o que elas são, o quanto são importantes e como evitar o desgaste delas.

O que são pastilhas de freio?

As pastilhas de freio estão presentes geralmente em duas rodas do veículo — nas quatro em alguns modelos — e servem para garantir a segurança do seu carro na hora de parar.

Elas estão localizadas na extremidade do sistema de frenagem e, ao fazerem contato com o disco de freio, são responsáveis pela parada das rodas. Quando estão gastas, a eficiência do sistema é afetada.

Quando o pedal fica mais “fraco” e o carro demora mais para frear, é um alerta de que as pastilhas não andam bem. Quando isso acontece, o disco de freio também fica danificado e o freio comprometido, já que dois materiais metálicos entram em atrito.

Se as pastilhas de freio não são bem supervisionadas, ou seja, se você não faz a manutenção, trocando-as sempre que necessário, pode ser preciso trocar o disco de freio. Portanto, é muito importante que você mantenha tudo em ordem com essas peças.

O que desgasta as pastilhas do carro?

A manutenção das pastilhas de freio deve ser feita conforme seu perfil de uso. O quanto você usa o carro e o quanto seus trajetos exigem do sistema de freio, por exemplo, são fatores levados em consideração.

renovar a CNHOutras circunstâncias podem influenciar o desgaste das pastilhas. A primeira delas é a falta de manutenção adequada. É preciso revisar o carro a fim de saber a real situação do seu sistema de frenagem.

Quem dirige na cidade tende a usar mais os freios, devido à quantidade de faróis e trânsito. Por isso, o desgaste pode ser maior do que para quem usa o veículo em trajetos planos e sem necessidade de paradas, como é o caso das estradas.

Como saber a hora de trocar as pastilhas?

Para fins de verificação do estado das pastilhas de freio, alguns modelos mais tecnológicos têm um aviso no painel. Além disso, quando fizer uso do freio sempre esteja atento ao som que o carro produz.

Quando você pisa no freio, as pastilhas pressionam o disco, fazendo o carro parar. Logo, se você sentir que o freio está demorando para responder, pode ser que elas estejam comprometidas.

O prazo para revisão das pastilhas é de 5 mil quilômetros rodados, sendo que você pode trocá-las em até 10 mil. Lembre-se que isso não substitui a observação referente ao uso. Sempre que sua quilometragem estiver por volta dos 10 mil quilômetros, troque as pastilhas de freio.

Caso você seja negligente e passe longos períodos sem efetuar essa troca, a tendência de que tenha que arcar com custos para reparos no freio. Trocar as pastilhas é uma forma de investir na sua segurança e economia.

A troca das pastilhas de freio funciona como manutenção preventiva, já que é uma peça relativamente barata e evita que outros pontos do carro sejam danificados. Confira também essas 7 dicas de proteger melhor seu carro e continue prezando pela vida útil do seu veículo.

 

Posts relacionados

Deixe um comentário