7 maneiras de proteger melhor o seu carro

4 minutos para ler

O Brasil é um país que coloca grandes desafios na vida de quem tenta cuidar do seu carro. Dia após dia, motoristas de todo o país enfrentam ruas esburacadas e estradas sem sinalização enquanto fazem simples trajetos, como de casa até o trabalho. Isso sem contar com os riscos de assaltos e furtos que deixam qualquer um com receio de deixar o carro estacionado na rua e até dentro de casa!

renovar a CNHDe fato, não é fácil proteger o seu carro diante de tantos desafios. Resta a cada um adotar os procedimentos que acha mais correto, seja investindo em segurança tomando alguns cuidados para não deixar o veículo desprotegido.

Para auxiliar os motoristas nesse grande desafio de conservar o seu carro e protegê-lo da ação de criminosos, selecionamos 7 dicas que você não pode deixar de colocar em prática. Confira!

1. Tenha cuidado ao estacionar

Não deixe o carro estacionado em locais inóspitos ou muito escuros. Sempre que possível, estacione em um lugar seguro. Porém, se não houver possibilidade de escolher uma garagem, certifique-se de estar próximo a portarias ou fachadas de lojas. Esses locais possuem câmeras e vigilância, o que inibe de certa forma a atuação dos bandidos.

2. Tranque o veículo

Sempre verifique se seu carro está devidamente trancado antes de deixá-lo parado na rua. Mesmo que você possua um sistema de trava acionada por controle remoto, vale dar uma conferida se todas as portas foram travadas.

O mesmo vale ao parar dentro de garagens e estacionamentos. Para proteger o seu carro é importante travar todo o veículo sempre que estiver longe dele.

3. Não deixe objetos dentro do carro

Não deixe nada no seu carro ao deixá-lo estacionado. Retire todos os objetos de valor e até mesmo sacolas que possam chamar a atenção. Lembre-se que quanto menos atrativo estiver o interior do veículo, menor será o interesse do criminoso em arrombá-lo.

4. Instale equipamentos de segurança

Quem quiser investir um pouco mais para proteger o carro pode optar pela instalação de alarmes, sistemas de rastreamento e travas de câmbio e direção. Eles são ótimos artefatos para dificultar que o ladrão furte o veículo, mas não são tão efetivos caso o interesse do bandido seja seus pertences dentro do carro. Por isso, não se esqueça da dica acima!

5. Conheça o caminho

Conheça o trajeto que você vai fazer. A ascensão de apps como o Waze e Google Maps ajudam a saber a rota antes mesmo de ligar o carro.

Ter conhecimento do trajeto permite que o motorista veja a condição das vias pelas quais vai passar, desta maneira é possível redimensionar a rota para evitar estradas de terra ou locais em que o asfalto encontra-se muito ruim.

Vale mencionar que, ao conhecer o trajeto previamente, o motorista pode analisar os locais pelos quais vai passar, evitando assim regiões famosas pelos assaltos a veículos. 

6. Dirija defensivamente

Esta dica vale para proteger o seu carro das ocorrências de trânsito. A melhor forma de não se envolver num acidente é dirigindo de maneira defensiva, o que significa conduzir o carro com cautela e de olho nas ações dos outros motoristas ao seu redor. 

Aplicar os mandamentos da direção defensiva reduz a chance de sinistros, principalmente aqueles que você pode causar!

7. Faça um seguro para proteger o carro

Veículos são bens de alto valor que precisam ser protegidos. Mesmo realizando uma série de procedimentos de segurança, o motorista continua suscetível aos roubos, batidas e problemas mecânicos.

A melhor forma de ficar protegido full time é possuindo uma apólice de seguro. Trata-se de um investimento para proteger seu patrimônio e também para a sua tranquilidade.

Seguradoras competentes têm como principal premissa assessorar seus clientes nas horas de maior necessidade. Por isso, pondere contratar um seguro como uma forma de relaxar dessa tensão diária que é manter o seu carro protegido.

Estas são algumas dicas para proteger seu carro. Assine nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos sobre manutenção e proteção de veículos!

Posts relacionados

Deixe um comentário