O seu carro é seguro? Saiba mais sobre testes de segurança

3 minutos para ler

Algo que nem sempre é posto na balança na hora de se comprar um carro, novo ou usado, é se o carro é seguro. 

Além de certos dados, como ano de fabricação, quilometragem e valor do seguro, o quesito segurança contra impactos pode dizer muito sobre a proteção oferecida aos ocupantes do veículo, e essa informação pode ser descoberta por meio dos testes de segurança.

Acompanhe este texto e aprenda mais sobre o assunto.

Como são os testes de segurança?

Para os carros fabricados no Brasil, os testes de segurança são realizados pela Latin NCAP, que utiliza métodos de ensaio reconhecidos internacionalmente para atribuir ao carro analisado uma nota que vai de 0 a 5 estrelas. 

A nota funciona assim: ao obter 0, o veículo é considerado “não seguro”, já a nota 5 significa que o carro é “totalmente seguro”. O teste analisa 3 quesitos:

  • proteção oferecida para o ocupante adulto;
  • para o ocupante criança;
  • a segurança primária ou ativa, que analisa os equipamentos de segurança do veículo.

Por dentro de cada teste

Para definir a nota de proteção para ocupante adulto, o carro é submetido a testes de impacto frontal e lateral a a 64 e 50km/h respectivamente. 

Obtendo 5 estrelas em ambos os testes, o veículo também é submetido ao teste de impacto lateral de poste a 29km/h.

Já para a nota de proteção para ocupante criança, é analisado o comportamento dinâmico do “SRI” (sistemas de retenção infantil) as famosas “cadeirinhas”.

No teste de impacto frontal e lateral, a possibilidade de instalação de diferentes tipos SRI e a habilidade do veículo de fixá-los de forma segura.

A análise dos itens de segurança primária é realizada para melhorar a nota obtida pelo veiculo no quesito ocupante adulto, por meio da presença e desempenho de três itens: 

  • O Controle Eletrônico de Estabilidade (ESC); 
  • Lembrete de Uso do Cinto (SBR);
  • Sistema Antibloqueio de Freios (ABS).

Os mais seguros

Entre os carros mais seguros, temos uma surpresa: um hatch liderando o ranking seguidos por carros de maior porte: o Volkswagen Golf VII com 7 airbags.

O carro obteve notas nota 5 para ocupante adulto e criança respectivamente. Foi o único carro fabricado no Brasil a passar nos 3 testes (Frontal, Lateral e Lateral de Poste), sendo assim considerado o carro mais seguro do Brasil.

Foi seguido pelo Honda HR-V com 2 airbags e Toyota Hilux com 6 airbags.

Os menos seguros

Já entre os menos seguros temos também uma surpresa, o carro considerado menos seguro foi o Chevrolet Onix com 2 airbags! O carro mais vendido do Brasil obteve notas 0 para adulto e 3 para criança.

As notas foram obtidas em parte pelo desempenho pobre (que é o mais baixo de proteção de 5 possíveis) e também quando analisada a proteção para o peito do motorista e do acompanhante principalmente no teste Lateral.

Em segundo lugar temos JAC J3 com 2 airbags com as notas 1 para adultos e 2 para crianças, seguido pelo Nissan March com notas 3 e 1, respectivamente.

Podemos notar que muito mais do que os itens descritos pela propaganda, o desempenho nesses testes pode contar muito para definirmos se o carro é seguro ou não.

Podendo assim também influenciar positivamente uma decisão de compra, principalmente para aqueles consumidores mais atentos a sua segurança como condutor e dos demais passageiros. 

Curtiu nosso post? Comente o que mais gostaria de saber sobre esse tema.

Posts relacionados

Deixe um comentário