Deficientes visuais e o direito a isenção PCD: entenda mais!

3 minutos para ler

No Brasil existem cerca de 6 milhões de deficientes visuais. Como forma de propiciar acessibilidade, mobilidade e reintegração à sociedade, é possível que a pessoa nessas condições tenha direito a descontos e isenções de impostos na compra de um automóvel zero quilômetro — caso se enquadre nos requisitos estabelecidos.

Diante da possibilidade de obter esse benefício, duas grandes dúvidas tendem a surgir: quando a diminuição da acuidade visual é entendida como uma deficiência e quando é possível ter direito à isenção?

Pensando em esclarecê-las, preparamos este post. Confira!

Como funciona o direito à isenção de impostos?

De acordo com a Lei 8.989/85, é entendida como pessoa com deficiência visual aquela que possui acuidade visual igual ou inferior a 20/200 em seu melhor olho, mesmo depois da melhor correção possível, ou campo visual menor que 20°, ou ocorrência simultânea das duas situações.

Isso significa que, para que a pessoa possa ter direito à isenção do IPI, precisa ter em torno de 10% da capacidade visual no seu melhor olho, mesmo depois de ter passado por uma correção; ou possuir um campo de visão de somente 20 graus — o que faz com que tenha dificuldade para visualizar um campo completo ao conduzir um veículo.

Dessa forma, para se enquadrar nas condições definidas, o indivíduo não pode ter condição de dirigir um automóvel sem colocar em risco a sua própria vida ou a de terceiros. Assim, por ter a visão tão comprometida, precisa fazer as adaptações adequadas para regularizar sua situação.

Quem está autorizado a dirigir ou comprar um veículo para deficientes visuais?

Tantos os familiares quanto os tutores legais estão autorizados a comprar um veículo com isenção de impostos para as pessoas com esse tipo de deficiência ou até mesmo a conduzir o carro.

Isso porque o indivíduo com deficiência visual poderá apontar até três pessoas como motoristas legais do automóvel, com o objetivo de tornar mais fácil a sua mobilidade e as atividades do dia a dia. Essa também é uma forma de garantir sua inclusão e uma vida social mais íntegra.

No entanto, é importante deixar claro que os benefícios só são válidos para a aquisição de automóveis novos. Além disso, é necessário respeitar o tempo de dois anos para a obtenção de uma nova isenção.

Como é possível comprovar a deficiência visual?

Para comprovar suas condições é importante contar com o auxílio de um profissional que entenda sobre o processo e possa orientar sobre a documentação necessária e demais requisitos, além de procurar um médico para fazer a avaliação e emitir o laudo.

Entendeu como funciona a isenção de impostos na compra de veículos novos por deficientes visuais? Para garantir esse direito, é importante estar atento a todos os requisitos e sempre acompanhar as alterações na legislação em relação ao tema que verse sobre as pessoas com esse tipo de deficiência. Contar com um profissional capacitado pode ajudar muito nessa hora.

Gostou deste conteúdo? Então, aproveite sua visita para assinar nossa newsletter e receber todos os conteúdos com exclusividade!

Posts relacionados

Deixe um comentário