3 dicas de como andar de moto no frio

4 minutos para ler

Com a chegada do inverno as preocupações sobre como andar de moto no frio costumam aparecer, afinal, passar frio andando ao pilotar não é uma boa experiência pela qual pode passar um motociclista.

Nesse caso, o desconforto não é o pior que pode ocorrer, mas sim a insegurança que o frio gera, uma vez que com o corpo gelado os reflexos ficam mais lentos e a capacidade de movimentação é afetada. Na prática, parece que mãos e pés gelados parecem ficar travados, o que pode ser um problema no momento de desviar de imprevistos ou de frear.

Pensando em ajudar você a enfrentar esse tipo de situação da melhor maneira, preparamos este post com 3 dicas de como andar de moto no frio e se proteger da melhor forma ao pilotar. Continue a leitura para conferir os detalhes. Não perca!

1. Escolha uma roupa de tecido impermeável

A proteção para pilotar a moto no frio deve começar pela roupa. Para não ter problemas com vento, garoa e ainda se proteger da friagem, a melhor opção é optar pelos tecidos impermeáveis.

Uma boa alternativa é optar por calças de espessura grossa e de tecidos impermeáveis, como o couro. Uma calça que também costuma ser usada pelos motociclistas é a de cordura, um material sintético semelhante ao nylon, mas mais maleável e resistente. Entre as suas principais características podemos destacar o bom isolamento térmico, capacidade de não reter água, leveza e facilidade para encontrar o item em diversos formatos e tamanhos.

Já na parte de cima o ideal é optar por tecidos que concedem liberdade de movimento no momento de conduzir a sua moto, como as jaquetas voltadas para motociclistas que costumam ser resistentes à água, mais grossas e com um fundo removível — o que faz com que seja possível usá-la em todas as épocas do ano.

2. Use várias camadas de roupas

Um motociclista não deve subestimar o frio mesmo nos dias que parecem mais amenos, já que a sensação térmica na moto é mais baixa em razão do vento. Para não ter problemas, o recomendado é usar diferentes camadas de roupas para aprimorar seu equipamento de proteção e evitar que o vento faça você perder calor, especialmente em velocidades mais altas.

Uma boa opção é usar outra calça mais quente por baixo da impermeável, como um moletom ou até mesmo ceroulas de algodão, para fazer com que a friagem não chegue diretamente até à pele.

O mesmo é válido para a parte de cima, devendo o motociclista optar por casacos e blusa de manga comprida antes do casaco. No mercado, existem também opções de “segunda pele” — roupas de tecido sintético para usar por baixo da roupa normal.

3. Use luvas

Mais um relevante item para quem deseja saber como andar de moto no frio são as luvas que, em temperaturas mais baixas, também devem ser mais grossas do que as que são utilizadas normalmente.

Existem motociclistas que não gostam desse tipo de item, pois sentem que as luvas reforçadas prejudicam a sensibilidade. No entanto, o frio pode ser ainda pior, pois após algum tempo o vento gelado faz com que os dedos fiquem enrijecidos e percam a sensibilidade, atrapalhando diretamente na pilotagem da moto.

Agora que você já conhece 3 dicas de como andar de moto no frio, coloque-as em prática sempre que as temperaturas baixarem para evitar desconfortos e, principalmente, para aumentar a sua segurança.

Se você gostou deste post, assine nossa newsletter para não perder nenhuma novidade e receber os novos conteúdos diretamente em seu e-mail!

Posts relacionados

Deixe um comentário