Quer saber como funciona a isenção de IPVA para PCD? Veja aqui!

3 minutos para ler

Já ouviu falar sobre isenção de IPVA para PCD (Pessoas com Deficiência)? Há uma quantidade significativa de cidadãos que pode se isentar do pagamento desse imposto por conta de limitações e deficiências mentais ou físicas, além de algumas doenças crônicas.

Como é um assunto pouco divulgado, pode ser que você nunca tenha ouvido falar. Por isso, para ajudá-lo a entender sobre como funciona essa isenção — e também para guiar você no momento de conseguir usufruir desse benefício —, elaboramos este texto com algumas informações relevantes.

Ficou curioso e quer saber mais sobre o assunto? Então, continue acompanhando o texto!

Como funciona a isenção de IPVA para PCD?

Para conseguir ficar isento do pagamento do IPVA, é necessário seguir alguns passos:

  • conseguir o laudo médio. Lembrando que o documento precisa ser retirado no Detran. Nele, o médico atestará a incapacidade física e o tipo de deficiência que a pessoa tenha, além de especificar as adaptações necessárias do automóvel;
  • conseguir a CNH especial. Para tanto, é necessário que a pessoa com deficiência vá até uma autoescola especializada.

O direito à isenção vai ser conquistado quando o automóvel, tanto seminovo quanto novo, já estiver documentado no nome da pessoa com deficiência ou, então, na condição que lhe concede o direito de usufruir do benefício.

Além disso, o veículo precisa possuir a adaptação que a CNH indica. Um exemplo: se, na habilitação, estiver o código “D”, a pessoa vai ficar isenta do pagamento do IPVA se o automóvel tiver transmissão automática. Após esses passos, é só encaminhar a documentação e aguardar a aprovação.

Como fazer o requerimento e quais são os documentos necessários?

O requerimento deve ser feito na Secretaria de Estado de Fazenda (SEF) do local onde a pessoa com deficiência reside. 

Os documentos necessários para dar entrada no pedido podem variar dependendo da região, por isso, é necessário acessar o site da Secretaria para verificar a documentação necessária. Sendo assim, na SEF, a pessoa com deficiência vai pedir a isenção, para que possa analisar os documentos exigidos. Lembrando que o laudo médico é um desses principais documentos. 

Quais deficiências dão esse direito?

O deficiente visual não condutor, o deficiente físico (condutor ou não), o deficiente mental ou o autista não condutor fazem parte do grupo de pessoas que está isento de pagar o IPVA.

Vários estados contam com uma regulamentação que oferece a isenção desse imposto para as pessoas com câncer. Veja quais são: Espírito Santo, Distrito Federal, Minas Gerais, Goiás, Paraíba, Pernambuco, Paraná, Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Norte, Piauí e Rio Grande do Sul. É imprescindível que se verifique as leis de cada estado para obtenção da isenção do IPVA.

Por fim é importante lembrar que a declaração de isenção de IPVA para PCD é concedida para somente um automóvel no nome da pessoa com deficiência. Sendo assim, a aprovação de um novo requerimento de isenção vai causar a baixa de qualquer outro que esteja ativo em relação ao mesmo dono.

Gostou do texto? Ficou com alguma dúvida sobre a isenção de IPVA para as pessoas com deficiência? Então, deixe o seu comentário aqui para que possamos ajudar você!

Posts relacionados

Deixe um comentário