Manual básico para conservação de automóveis

4 minutos para ler

O conforto e a valorização do um veículo só andam juntos para quem tem o cuidado de manter a conservação de automóveis. E se quer saber um outro bom motivo para deixar tudo bem conservado, basta fazer as contas para notar como o cuidado prolongado evita gastos inesperados e consertos caros.

Pensando nisso, preparamos este manual básico para você aprender a forma mais correta de cuidar do seu carro! Confira!

Não se esqueça da manutenção preventiva

A conservação de automóveis envolve uma série de ações, desde cuidar da estética até ficar atento à parte mecânica. Veja só!

Troca de óleo

A troca do óleo está entre as recomendações mais básicas. Ela deve ser feita dentro da quilometragem recomendada. Utilize o tipo correto e substitua o filtro no tempo certo. Em geral, isso deve acontecer a cada 10 mil quilômetros, mas há variações por conta do modelo e ano do veículo.

Nível de água

Também envolvendo atenção com o motor, não deixe de notar se o nível da água está correto. Se estiver abaixo da marca do reservatório, complete. Mas se o nível abaixar repetidamente, procure um profissional para checar se há vazamentos.

Freios

Para os freios, há uma quilometragem estipulada para substituir as pastilhas e as lonas. Consulte seu mecânico e deixe anotado esses números dentro do carro para diminuir as chances de esquecer o prazo de levar à oficina. Lembre-se de que esse sistema faz parte da sua segurança e dos demais passageiros.

Pneus

Em relação aos pneus, é preciso mantê-los calibrados corretamente para economizar combustível e evitar desgaste precoce da borracha. A cada 15 dias, no máximo, confira se está tudo ok.

Aprenda a conservar também os vidros

Quem não cuida da limpeza dos vidros pode danificar o material. Por exemplo, eles podem ficar riscados, o que prejudicaria o campo de visão do motorista. Além disso, a troca não é nada barata. Por isso, quando for limpá-los, procure produtos químicos específicos e utilize pano macio e limpo.

O para-brisa, tanto o dianteiro como o traseiro, é um dos principais causadores de riscos graves. Se a borracha do componente estiver ressacada, um simples movimento é o suficiente para causar danos irreversíveis.

Dê atenção total à pintura

A condição estética do veículo representa boa parte do interesse de um comprador e é o cartão de visita do seu automóvel. Por isso, evite ao máximo situações que podem causar riscos.

Por exemplo, o lava a jato automático é um local perigoso, pois pode riscar a lataria. Esse perigo aumenta na pintura com cores, em que qualquer sinal fica mais gritante, como é o caso do preto. Se for utilizar esse método para limpeza externa, procure primeiro jogar água e esfregar para retirar a sujeira mais grossa.

Seiva de plantas, fezes de pássaros e o próprio sereno são substâncias que ajudam a corroer o verniz e causar marcas na pintura. Manchas podem surgir também quando se lava o carro sob sol forte e não se seca corretamente.

Adicionalmente, para garantir a melhor conservação de automóveis, procure rotineiramente ceras ou produtos que aumentam a proteção da pintura.

Cuide do interior do veículo

O espaço mais utilizado por você e sua família é, sem dúvida, o interior do carro. Então, a regra para cuidar dessa parte é tão importante quanto atentar-se para o motor e a pintura. Na maioria dos casos, dentro dos automóveis há muito plástico, e o excesso de sol causa rachaduras nesse material. Além disso, a poeira acumulada ainda pode deixar riscos Então, fique atento!.

É só utilizar flanela levemente úmida para deixar tudo limpo. Evite produtos em excesso e só use mesmo se for específico para partes plásticas. Quem tem couro dentro do automóvel deve fazer uma higienização regular para que o material permaneça hidratado.

Aprender e aplicar todas essas dicas são garantias que você vai ter um carro bem conservado por muito tempo. Afinal, a conservação de automóveis tem só lado positivo para o proprietário.

Para saber muito mais sobre como valorizar e proteger seu carro, curta a nossa página do Facebook. Lá você vai encontrar ótimas dicas!

Posts relacionados

Deixe um comentário