Como economizar na reforma da casa e em reparos importantes

4 minutos para ler

Se você chegou até este post procurando por informações sobre como economizar na reforma da casa, certamente deve saber que quando bate aquela vontade de inovar o ambiente, é preciso estar preparado para lidar com os desafios dessa empreitada, não é verdade?

Escolher a mão de obra adequada, encontrar materiais de qualidade, elaborar um projeto e ainda economizar dinheiro são apenas alguns dos aspectos que devem ser considerados no seu planejamento. Além disso, para garantir a segurança do seu lar, é importante contar com um seguro residencial.

Por isso, neste conteúdo mostraremos como economizar na reforma da casa por meio de 5 passos simples. Quer saber mais sobre o assunto? Então acompanhe a leitura do conteúdo para conferir!

Tenha um projeto de qualidade

Quem pensa que contratar os serviços de um arquiteto para dar suporte à reforma é um gasto supérfluo está muito enganado. Na verdade, um projeto de qualidade é o principal ponto de partida se a intenção é economizar na reforma da casa.

Afinal, é com base no projeto que toda a execução será definida, como o tempo que levará até que a obra fique pronta e — o mais importante — quanto cada etapa do processo realmente custará.

Em outras palavras, a melhor maneira de pesquisar o preço é contar com um bom arquiteto para fazer o levantamento de custos, pois ele ajudará a evitar desperdício de material, seja pela quantidade excessiva, má qualidade ou retrabalho.

Adquira materiais de qualidade

Existem grandes diferenças entre material de qualidade e materiais nobres — esses são realmente caros. Porém, hoje em dia, para garantir um projeto sofisticado, não é necessário investir em mármore, por exemplo. Existem tipos de porcelanato disponíveis no mercado que custam menos e transmitem a mesma impressão.

O mesmo se aplica para quem pretende instalar pisos de madeira no apartamento ou na casa. É preciso levar em consideração os revestimentos laminados e vinílicos, que são baratos e têm bastante qualidade.

No que diz respeito às louças, metais sanitários e acabamentos, a regra é a mesma: procure por fornecedores de confiança e sempre escolha o que está dentro do catálogo. Escolha algo que ofereça uma boa relação custo-benefício.

Faça diversos orçamentos e negocie

Para que a compra dos materiais e a contratação da mão de obra seja bem planejada, é preciso solicitar orçamentos com diversos fornecedores. Essa é uma ótima estratégia para se negociar preços melhores. Além disso, adquira um grande número de produtos em um único lugar, pois as compras em grande quantidade tendem a gerar ótimos descontos.

Caso você não tenha espaço para armazenar a quantidade de materiais, verifique se é possível que a entrega seja feita fracionada. Lembre-se de que o varejo está mudando para não perder vendas e, por isso, há uma grande margem para negociação.

Contrate bons profissionais

Como economizar na reforma da casa contratando profissionais de qualidade duvidosa? Afinal, como diz a máxima: o barato sai caro. Evite dores de cabeça e gastos adicionais desnecessários. Conte com o apoio e a orientação de profissionais que sabem ou que estão fazendo, seja um engenheiro ou arquiteto, durante toda a execução do projeto. Procure contratar profissionais com referência e que possam formalizar o contrato e cumprir com todas as exigências da legislação trabalhista.

Para concluirmos este artigo sobre como economizar na reforma da casa, vale destacar que a melhor maneira de garantir a segurança e a economia de todo o processo é, inicialmente, contratar um seguro residencial com assistência técnica. Isto é, uma alternativa que cubra danos como reparos hidráulicos e elétricos, limpezas de caixa d’água e até mesmo problemas em eletrodomésticos.

Gostou desse conteúdo? Então não deixe de curtir a nossa página no Facebook para acompanhar todas as dicas e novidades que postamos semanalmente!

Posts relacionados

Deixe um comentário