4 reparos simples e fáceis para fazer na sua casa

4 minutos para ler

Encontrar profissionais confiáveis e que cobram um preço justo para reparos em casa não é uma das tarefas mais fáceis. É por isso que realizar alguns reparos por conta própria significa ter um problema resolvido em pouco tempo, além de economia no bolso.

Descubra agora quatro situações em que defeitos surgem no seu lar, mas que você mesmo consegue resolvê-los. Prepare-se para surpreender!

1. Trocar o interruptor ou tomada

Pode ser que o aparelho eletrônico recém-comprado não funcione na sua casa porque a tomada tem encaixe diferente. O desespero não precisa tomar conta.

A primeira orientação para fazer esse tipo de reparo em casa é procurar o quadro de disjuntores, que geralmente fica no corredor da casa ou atrás de alguma porta, e desligá-lo. Caso nesse quadro não esteja especificado qual disjuntor é o das tomadas, você pode desligar todos eles. Mas lembre-se de que, nesses casos, a energia na sua casa fica interrompida.

Com a corrente elétrica desligada, basta usar uma chave Phillips ou de fenda para retirar o espelho da tomada. Depois desparafuse a tomada ou interruptor, desligue os fios e conecte eles na tomada nova ou interruptor. Os fios que você encontra são positivo e negativo e NUNCA encoste-os — mesmo que a energia esteja desligada. Ideal para este serviço é ter duas chaves de fenda ou Phillips, uma maior e outra pequena.

2. Fixar batedores de porta e retratos

Para quem tem aversão a furar paredes e portas, existe um recurso que garante a fixação de objetos sem a necessidade de colocar bucha e fixador. Por exemplo, há batedores de porta que vêm com cola adesiva. O recomendado é limpar a superfície da parede para colá-los. Para não instalar o equipamento no lugar errado, use a própria porta para medir a altura.

Se a tarefa que tem pela frente é colocar um quadro ou retrato, existe uma espécie de fita dupla face com alto poder de fixação. Basta definir a altura que quer pendurar o quadro ou retrato, retirar a película de proteção e colar a fita na parede. Depois, basta tirar a outra proteção e fixar a moldura. Sem sujeira e sem mistério!

3. Trocar o chuveiro ou a resistência

Tomar banho gelado porque o chuveiro não funciona, ninguém merece! Para resolver isso o ideal é desligar o disjuntor que regula a energia para o equipamento. Feche o registro e seque o piso. 

Se desligar o disjuntor não for possível, com uma chave de fenda ou Phillips retire os fios do chuveiro e os mantenha distantes um do outro. Passe uma fita isolante (aquela preta) neles para garantir mais segurança.

Retire o chuveiro desenroscando-o no sentido anti-horário. É normal que alguma água ainda caia do cano. Se for trocar, basta substituí-lo. Use a chamada fita veda-rosca (uma branquinha) para evitar vazamento no cano.

No caso da troca da resistência, leve o chuveiro até uma loja de elétricos para o vendedor encontrar o item correto. Depois de tudo instalado, abra o registro de água e ligue o chuveiro, mas com a energia desligada. É preciso ter água no sistema interno para que a resistência não queime. Só depois religue a energia.

4. Pintar as paredes

Talvez essa tarefa seja um pouco mais trabalhosa. É necessário cobrir o chão com lona ou outra proteção (jornal, por exemplo). Passe fita perto das portas e retire os espelhos das tomadas. É bom ter uma lixa (do tipo 100) para passar na parede e panos para retirar a poeira. 

A tinta pode necessitar de ser diluída em água, em proporção especificada na lata. Com um rolo, você deve passá-la na parede até dar a cobertura correta. Dependendo da cor, mais de uma mão vai ser necessária. Verifique o tempo de secagem da tinta utilizada. O pincel serve para fazer acabamentos em volta das portas e tomadas.

Realizar esses reparos em casa ajuda você a economizar e a se envolver diretamente com o seu lar. Quer saber como é possível cuidar ainda melhor da sua casa, então dá uma olhada em detalhes sobre como funciona o seguro residencial!

Posts relacionados

Deixe um comentário